Na tarde deste sábado, teve início a semifinal da Copa Ziquita de Futebol Sub-17, com o XV de Novembro jogando no Estádio do Rio Verde diante do Hart Tamandaré.

Diante de um adversário com melhor campanha da competição, o XV de Novembro equilibrou a partida, e chegou a tomar conta do jogo, de forma a conseguir abrir o placar. Melhor no jogo, porém, o XV não conseguiu manter a vantagem, permitindo que o Hart Tamandaré chegasse ao empate ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, o jogo e tornou muito mais disputado, muito mais pegado. O Hart perdeu pelo menos duas grandes chances ainda no começo da etapa final. Mas o XV, sempre perigoso no ataque, tornava a partida bastante disputada. Num lance espetacular o avante Breno driblou meio time tamandareense e entrou na área e quando ia finalizar, foi cutucado de forma desleal pelo zagueiro do Hart, que impediu o mesmo de fazer o gol. Penalidade máxima, que o árbitro Joel Depetriz ignorou. O lance, infelizmente contundiu o avante alvi negro, que continuou mais um pouco em campo, no sacrifício. Mesmo assim, em outro lance sensacional o avante levou um “rapa” escandaloso e isto enfim, motivou a expulsão do zagueiro do Hart. Com um a menos, a partida não deixou de ser pegada. O XV tentava fustigar a meta do Hart que procurou e defender. Mas num lance de falha da zaga do XV, o atacante do Hart apareceu na frente do goleiro e virou o placar.

A partir dai, o XV foi pra cima e tentou de todas as formas o empate que acabou não acontecendo.

No próximo final de semana teremos a segunda partida da semifinal, quando o XV de Novembro terá que ganhar por dois gols de diferença para ir à final da competição. Vitória por um gol, leva a decisão da vaga para as penalidades máximas.

Na outra semifinal, o Gralha Azul venceu ao União Guaraituba por 2 x 1.

Deixe uma resposta