CEZINHA SERÁ O TREINADOR NA SÉRIE OURO. GABRIEL, O MANAGER

0
139
Capitão do tri, agora técnico

Em reunião de diretoria, o XV de Novembro decidiu que o campeoníssimo treinador Gabriel Pereira, recordista de finais consecutivas na Liga de Colombo, principal e mais vitorioso treinador da história do XV de Novembro, a seu pedido, terá um descanso do comando técnico do alvi negro e passará à coordenação geral do Departamento de Futebol. Com isto, a diretoria definiu também, que o comando técnico do XV de Novembro para a Série Ouro/ 2019, ficará a cargo de Cezar Júnior da Costa Machado, o volante Cezinha, capitão do tricampeonato do XV de Novembro em 2018.

Gabriel Pereira, tricampeão da Liga, bicampeão da Taça da Uva, bicampeão da Taça dos campeões estará nos bastidores, como um manager. A direção o time dentro de campo, contudo, ficará a cargo de Cezinha.

Aos 35 anos, Cezinha nasceu na região do grande Atuba, nas cercanias do Estádio do Atuba XV de Novembro, onde deu seus primeiros passos no futebol.

Esteve nas categorias de base do Coritiba, levado que foi pelo ex-zagueiro Vavá, campeão brasileiro de 1985. Mais tarde foi para Londrina onde jogou na base pelo PSTC, clube que aliás, no próximo ano, estará na principal divisão do futebol paranaense, que tem no seu histórico uma vitoriosa parceria reveladora com o Athletico Paranaense que revelou grandes jogadores como Dagoberto, Jadson, Kleberson, Fernandinho e outros.

Antes de se profissionalizar, Cezinha ainda juvenil atuou num campeonato estadual de juniores de 2001 pelo XV de Novembro. Como profissional atuou num campeonato paulista intermediário pelo Águas de Lindóia EC.

No futebol amador, Cezinha teve vários títulos pro diferentes clubes de Colombo, nas séries ouro e prata, como Colombo, Bola de Ouro, Bandeirantes e especialmente pelo XV de Novembro, onde participou das três campanhas do tricampeonato e onde afirma que

Sem dúvidas senti um sabor muito especial em ser campeão principalmente em 2015, por ter nascido aqui ao lado e criado na comunidade. Em 2018, ter o privilégio de levantar o troféu de tricampeão como capitão do time da minha comunidade, é algo inesquecível. Vencer com a camisa do XV, todas estas competições, foi e sempre será muito diferente e muito especial.”

Professor de Educação Física, Cezinha já iniciou as conversas com Gabriel Pereira visando a montagem do elenco para a Série Ouro/2019, onde espera manter a tradição recente do alvi negro de estar em todas as decisões.

Deixe uma resposta