JUVENIL PERDE, MAS LAMENTA A FALTA DE SENSIBILIDADE DA ARBITRAGEM

0
40

O juvenil sub-17 do XV de Novembro estreou muito mal no campeonato da categoria e acabou sendo derrotado pelo Gralha Azul por 6 x 0, na tarde deste sábado (02/09) no Estádio do Atuba.

Na verdade o sub-17 veio para a competição com o intuito apenas de ganhar experiência. Não entrou pra ser campeão. Todavia, as dificuldades que já eram grandes na formação do elenco pela absoluta falta de entrosamento, se tornaram muito piores quando em menos de três minutos de jogo, o árbitro expulsou diretamente o jogador Vitor, sem cartão amarelo.

Nem se discuta a atitude do árbitro se certo ou se errado. Apenas tenha-se que faltou bom senso ao mesmo. Por se tratar de jogo de futebol da categoria juvenil, com atletas que estão em sua primeira competição, jogo de estréia, pais assistindo, o árbitro bem que poderia ter efetivado uma repreensão. Afinal eram 3 minutos de jogo.

Infelizmente, se dentro das regras do jogo, o árbitro poderia ter acertado, dentro de um bom senso, este passou longe. O rigor da aplicação, em nada contribui na formação. Lamentável.
No jogo o domínio do Gralha Azul, time já formado, era incontestável. O favoristismo existiria naturalmente, mesmo que o árbitro não tivesse tomado aquela atitude precipitada. Ao natural o Gralha fez 2 x 0 e aos poucos minou completamente qualquer tipo de reação da meninada do XV.

O placar final foi justo. O que não foi justo foi a incompreensão e falta de sensibilidade da arbitragem

Deixe uma resposta