Era para ser um jogo fácil teoricamente, com todo respeito que o XV de Novembro destinava ao Tsunami de Quatro Barras. O líder do certame intermunicipal de máster/35 anos, alvi negro do Atuba, enfrentaria no Estádio do Jardim Menino Deus, ao lanterna da competição, neste domingo pela manhã.

O XV de Novembro para manter a liderança isolada, precisava da vitória contra o time quatro barrense. Mesmo com vários desfalques, era possível esperar uma boa apresentação e que a vitória pudesse sorrir para os atubenses. Porém não foi o que se viu. O jogo foi equilibrado desde os primeiros minutos, com o time azul de Quatro Barras surpreendendo ao XV. Aos poucos, porém, o alvi negro foi melhorando sua produção e passou perder gols, até que conseguiu abrir a contagem. Gabriel estreando, teve a responsabilidade de bater uma penalidade e converteu, fazendo 1 x 0 para o XV. Nada demais, não fosse ele, o treinador da equipe de máster. Assumiu a responsabilidade e abriu o placar. Sem contar com um atacante de ofício, o alvi negro não criava chances agudas de gol.

Na etapa final, o jogo continuou na mesma toada. Porém o XV não conseguia fazer o segundo gol. E o que se previa aconteceu. Num lance isolado, numa disputa de bola, Lecão cometeu a penalidade. O Tsunami empata a partida, quando faltavam em torno de 20 minutos para o final da mesma. Ai o alvi negro se viu obrigado a se superar para tentar virar o jogo, pois o empate lhe tiraria a liderança. Indo todo pra cima do Tsunami, passou a correr riscos no contra ataque. Nos acréscimos o alvi negro marcou com Clevinho, mas o árbitro anulou. Nos últimos minutos da partida, novamente Clevinho entrou em velocidade e tocou para as redes do Tsunami, num gol chorado, na marra, mas que garantiu a liderança isolada do XV no campeonato.

O alvi negro venceu com Evaldo; Zé do Brinco, Lecão, Tocha e Marcinho; Drill, Deivão e Erivelton e Paniche; Guego e Gabriel. Depois entraram Danicley, Polaco, Nenê e Clevinho

Deixe uma resposta