Os primeiros objetivos da nova formação do sub-17 do XV de Novembro para o ano de 2018, já estão dando seus frutos. Neste sábado, 02 de junho, o XV de Novembro fará o primeiro jogo da decisão da Copa Ziquita de Futebol Juvenil, jogando no Estádio do Atuba, Casa do XV, diante do Gralha Azul, do bairro Rio Verde.

Com vários percalços pelo caminho, o time comandado pelo diretor Francisco Ceará e pelo treinador Anderson Paraíba, chega forte para a decisão contra o Gralha Azul. O alvi negro correu até o risco de não se classificar para as semifinais, visto que chegou a depender de outros resultados para alcançar a classificação.

Nas semifinais, teve pela frente, aquele que até então, pelos números, era o melhor time do campeonato, único invicto, melhor defesa e melhor ataque. O Hart Tamandaré mostrou logo de cara sua força e venceu a partida de ida das semifinais por 2 x 1, virando um jogo e terminando a partida com 09 jogadores em campo. Assim, parecia impossível o alvi negro reverter a vantagem no jogo de volta, que contrário às expectativas, acabou sendo realizado no Estádio da Porteira e não na Casa do XV como era esperado. Lá, o time alvi negro jogou uma grande partida, abriu 2 x 0 no placar, mas permitiu a reação do grande time de Almirante Tamandaré. Todavia, a raça e determinação dos meninos do XV, levaram o time à vitória no último minuto do jogo e a espetacular vitória nas penalidades máximas, que deram a vaga na final deste sábado.
A motivação para as finais é muito grande. O time porém, é consciente de que não ganhou nada e que terá pela frente um adversário qualificado, que também conseguiu a classificação para as finais nas penalidades máximas, ao vencer ao União Guaraituba depois de ter perdido no tempo normal.

Então, neste sábado as 15 horas, XV de Novembro e Gralha Azul começam a decidir a I Copa Ziquita de Futebol Juvenil. Espera-se um grande jogo e um bom público para prestigiar os garotos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNO APAGAR DA LUZES!
Próximo artigoNA RAÇA!!

Deixe uma resposta